quarta-feira, 14 de abril de 2010

Futuro

A TV UCPel foi até o Estádio Nicolau Fico conferir quais são as intenções do tricolor para o próximo semestre. Confira a seguir:

video

sábado, 3 de abril de 2010

Guarany-BA 3 x 1 Farroupilha

Jogando em Bagé, contra o Guarany, o Farroupilha foi derrotado por 3 a 1. O resultado melancólico eliminou o Fantasma da competição e ainda o lançou para a última colocação da chave, com apenas 30% de aproveitamento. A outra equipe que obteve a "vaga do insucesso" foi o co-irmão Brasil de Pelotas, que com 37% de aproveitamento não passou de 16 pontos, ficando na sétima posição na tabela.

Precisando da vitória e de um tropeço do Guarany de Camaquã frente ao São Paulo, em Rio Grande, o tricolor entrou em campo ainda com o coração pulsando. Mas logo aos 10 minutos Alex marcou o primeiro do Guarany. Sanderley, aos 21, marcou o segundo gol. O Fantasma não teve nem tempo de torcer por resultados paralelos. O Guarany de Camaquã acabou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0 em Rio Grande e a derrota parcial da equipe em Bagé já eliminava o tricolor.

Visivelmente abatidos, os atletas retornaram para o segundo tempo. Aos 47 minutos, Élton Corrêa marcou o terceiro do Guarany. O Farroupilha ainda terminou a partida com um a menos em função da lesão do meia-atacante Vavá. O técnico Eugênio Silva já havia feito as três substituições. Aos 49 Vargas ainda descontou, mas não havia tempo para mais nada. Vitória dos classificados Guaranys: 3 a 1 em Bagé, 2 a 0 em Rio Grande e dupla BraFar eliminada.
Visivelmente emocionado e chateado com o resultado, Eugênio Silva disse que esta foi uma das melhores partidas do Farroupilha na competição. "O time acertou passes e jogou bem tecnicamente, mas pecou na finalização. Acabamos perdendo porque enfrentamos uma equipe qualificada", completou.
_
*Foto - Gabriel Xavier

Farroupilha 0 x 3 São Paulo

Nem mesmo as defesas milagrosas do goleiro Róger Kath salvaram o Fantasma de uma derrota em casa. O São Paulo veio determinado a alcançar a liderança, e assim o fez. Logo no início da partida Róger já havia sido exigido pelo menos quatro vezes. Em uma delas não teve jeito. No chute de Alex a bola passou por baixo do goleiro após desvio e morreu no fundo da rede: Sâo Paulo 1 a 0. Mesmo após o gol, o Farroupilha não conseguiu se impor. Jonas e Jarbas tiveram boas chances, mas o placar continuou o mesmo até o fim da primeira etapa.

O segundo tempo mal começou e Felipinho mandou a bola para Tiago Saraçol fazer o segundo da equipe de Rio Grande. Enquanto Róger continuava operando milagres lá atrás, na frente os atacantes perdiam boas chances de empatar. O golpe de misericórdia veio aos 40 minutos, quando Alan aproveitou o contra-ataque para marcar o terceiro e fechar o placar em 3 a 0.
_
Foto - Jota Éder (http://jotaeder.futblog.com.br)