quinta-feira, 25 de março de 2010

Rio Grande 2 x 0 Farroupilha

Jogando contra o Rio Grande, fora de seus domínios o Farroupilha acabou sendo derrotado por 2 a 0. Embora com uma atuação superior em comparação ao jogo passado, quando o Fantasma acabou perdendo para o Guarany-CM, o Vovô conseguiu aproveitar as oportunidades e obter um resultado importante.

Junior Xavier e Henri marcaram os dois gols do jogo. Para o encontro dos tricolores, o time pelotense novamente não contou com o atacante Kiki, ainda recuperando-se da lesão no pulso. Quem também não esteve em campo foi o volante William Peter, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Maiquel Bagé entrou no setor.

O resultado deixou o tricolor fragatense fora da zona de classificação. No entanto, Guarany-CM e Brasil se enfrentam na próxima rodada. Uma vitória do Farroupilha e um empate ou derrota do time camaquense, coloca o tricolor novamente no grupo de classificados. O Fantasma volta a jogar neste domingo, no Nicolau Fico, contra o São Paulo.
_
*Foto - Denise Veiga (http://sportclubriogrande.com.br)

segunda-feira, 22 de março de 2010

Guarany-CM 4 x 1 Farroupilha

Sem contar com jogadores importantes, como o artilheiro Kiki, a equipe do Farroupilha foi até Camaquã buscando sua terceira vitória consecutiva. No entanto, desta vez o bom resultado não veio. Após um primeiro tempo de equilíbrio diante do Guarany de Camaquã, a equipe não mostrou bom futebol na última etapa e acabou sendo derrotada por 4 a 1.

Alex Silveira, Valdir, Sampaio e Rafael Paraíba fizeram os gols do time da casa. O gol tricolor veio ainda no primeiro com Sérgio Freitas, empatando a partida. Apesar do resultado adverso, o Fantasma continua na zona de classificação. Ocupa atualmente a quarta colocação com 13 pontos. A diferença para os adversários com a mesma pontuação é o número de vitórias. São quatro do Farroupilha contra três dos demais.

O próximo compromisso da equipe do Fragata será na quarta-feira, às 16h. O confronto contra o Rio Grande, no Arthur Lawson, é de grande importância. Se vencer, o Farroupilha poderá decidir em casa, contra o São Paulo, sua classificação para a fase seguinte.

sábado, 20 de março de 2010

Enfim os gols!

Como na Segundona nada é fácil, nós do Blog do Fantasma tivemos algumas dificuldades para colocar o vídeo com os gols do clássico BraFar 209. Mas - a exemplo da boa fase do time - viramos o jogo e conseguimos finalmente disponibilizar os cinco gols da partida para vocês que tanto pediram! Aproveitamos para pedir desculpas pela demora. Tenham a certeza de que estamos trabalhando da melhor forma possível para atender a todos os pedidos. Sem mais delongas, cliquem no link abaixo para ver os tão esperados gols de Farroupilha 3x2 Brasil.
_
http://gafarroupilha.blogspot.com/2010/03/farroupilha-3-x-2-brasil.html
_
Vale ressaltar que - segundo a pesquisa do Blog do Fantasma, com o auxílio de Daniel Kurz e do arquivo de Antônio Carrion - agora temos 209 clássicos. O Brasil levou a melhor em 112, enquanto o Farroupilha venceu 48. Em 49 oportunidades o clássico acabou no empate. A equipe xavante marcou 419 gols e a tricolor 268, totalizando 687 gols em clássicos.
_

Continuidade

Para dar prosseguimento à boa fase do Grêmio Atlético Farroupilha no campeonato o técnico Eugênio Silva deve contar com a recuperação do artilheiro Kiki. O camisa onze sofreu uma luxação no pulso na partida contra o Bagé, logo após marcar do gol de empate. Para entrar em campo amanhã, em Camaquã, Kiki deverá usar uma forte proteção no braço para evitar maiores complicações da lesão. Até esta rodada o Farroupilha tem o melhor ataque da Chave 1, com 16 gols marcados. Destes, oito foram de Kiki. Além de ser o artilheiro da equipe, Henrique Piedade também é o artilheiro do campeonato ao lado de Enzo, do 14 de Julho de Livramento. Os desfalques certos para o confronto deste domingo são o meia Lu, expulso na quarta-feira, e o lateral Cristiano Ijuí, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Jarbas, que assinalou o gol da vitória tricolor na virada sobre o jalde-negro bageense, pode começar a partida entre os titulares.
_
Por outro lado, o goleiro Fernando Pitol não entra em campo desde o dia 11 de fevereiro, quando levou uma pancada no primeiro tempo da partida contra o Rio Grande. Nos próximos dias ele deve passar por cirurgia no ombro esquerdo. Pitol vai ser operado pelo doutor José Raymundo e está confiante em uma boa recuperação. "Com o Farroupilha se classificando, tenho a expectativa de poder jogar ainda na segunda fase", conta o goleiro. Quem também vive constantemente a expectativa de jogar é o meia Gustavo. O caso do atleta se transformou em uma verdadeira novela. Sem conseguir a liberação burocrática para estrear com a camisa tricolor, Gustavo apenas treina com o grupo no Nicolau Fico. Na partida contra o Bagé houve a possibilidade de estreia do atleta. "Já foi tudo acertado, finalmente. Só não deu pra estrear hoje porque o nome não entrou no BID (Boletim Informativo Diário da CBF)", explicou o meia.
_
A provável formação do Fantasma para a partida de amanhã é: Cristiano; Sérgio Freitas, Claiton, Ney e Douglas (Vargas); Willian Peter, Jonas, Giliardi e Vavá; Jarbas (Mineiro) e Kiki. O Fantasma busca em Camaquã a primeira vitória como visitante. Até agora, fora de casa, foram três derrotas e um empate.
_
*Texto - Leandro Lopes
*Fotos - Leandro Lopes / Renan Silva

quinta-feira, 18 de março de 2010

Aniversário em bom momento!

As comemorações no Grêmio Atlético Farroupilha não se restringem ao bom momento do clube dentro das quatro linhas. O Blog do Fantasma, destes que vos escrevem, completa hoje dois anos! Os requisitos básicos para uma comemoração de aniversário são fáceis: um bolo, de qualquer tamanho, uma velinha comemorativa e muita animação. Para este último quesito contamos com a colaboração dos atletas, que contagiam a todos com o bom momento e, principalmente, com o bom humor que ronda o Nicolau Fico. A satisfação de poder trazer notícias do Farroupilha, este simpático e apaixonante clube nos enche de orgulho.
_
Desde a criação, há dois anos, uma meta já estava estabelecida: ampliar a cada dia o elo entre Grêmio Atlético Farroupilha, torcedores e imprensa. Esta parceria se deu de forma gradativa e, aos poucos, aproximou todas as partes. Inclusive nós, que levamos todas informações possíveis do tricolor de maneira voluntária. Embora a simpatia pelo clube do bairro Fragata tenha aumentado ao longo desses anos, como jornalistas e membros da TV UCPel (ferramenta fundamental para levar até você os gols do Farroupilha), mantemos nossa isenção clubística. Respeitando, portanto, da mesma maneira, os dois co-irmãos do tricolor.
_
O Blog do Fantasma ao longo deste período já acompanhou a Segundona duas vezes. Em 2010 cobre o certame pelo terceiro ano consecutivo. Notícias ruins já passaram por aqui. Assim como momentos marcantes, entre eles, vitórias nas quadras de Futsal, resultados importantes contra grandes rivais e até conquistas pessoais de jogadores que passaram pelo Nicolau Fico. Estamos diariamente abertos às críticas construtivas e sugestões de torcedores. Todos os dias recebemos dicas para melhorar ainda mais este espaço. Todas as ideias que surgem são bem recebidas e discutidas entre a equipe. A maior parte delas será colocada em prática. Tudo a seu tempo. Guardamos conosco um compromisso com nosso local de trabalho e por isso nem sempre temos o tempo hábil para acrescentar tudo de nosso desejo. Aos poucos, porém, estamos evoluindo e aumentando os atrativos neste espaço. Novidades virão, assim como já vieram este ano: criação do Twitter, Flickr e relação dos atletas do clube.
_
Agradecemos aos torcedores, dirigentes, atletas, profissionais do clube, imprensa, colaboradores que nos acompanham rotineiramente buscando se manterem atualizados sobre o Grêmio Atlético Farroupilha. Esperamos alçar vôos cada vez maiores, tanto neste espaço quanto nos gramados. Parabéns ao Farroupilha, parabéns ao Blog do Fantasma e parabéns a toda nação tricolor. Esta comemoração é de todos!
_
Leandro Lopes e Renan Silva

quarta-feira, 17 de março de 2010

Farroupilha 2 x 1 Bagé

Tinha tudo para ser um jogo difícil. E o que poderia acontecer se confirmou. O Farroupilha encarou o líder Bagé e fez um jogo de igual para igual com o adversário. A diferença final foi o oportunismo do ataque. Hoje não apenas representado em forma de gols por Kiki, mas também Jarbas, que deixou o banco para marcar o gol da vitória por 2 a 1.

No primeiro tempo o Fantasma começou jogando melhor, mas não demorou para o Bagé dominar o jogo. A pressão pelo lado esquerdo de ataque bageense deu resultado. Aos 19 minutos, Edilson recebeu a bola e ameaçou chutar, a defesa do Farroupilha deu espaço e ele bateu cruzado, abrindo o placar para o jalde-negro.

No entanto, liderado pelo volante Jonas, melhor jogador em campo, o tricolor fragatense retornou para o segundo tempo motivado. A mudança de comportamento ficou evidente logo no começo. Aos seis minutos, o artilheiro Kiki encobriu o goleiro Mailon e deixou tudo igual no Nicolau Fico. Foi o oitavo gol do atacante na competição, se mantendo na artilharia ao lado de Enzo, do 14 de Julho.

O empate motivou ainda mais o time da casa, que começou a pressionar com intensidade. A alegria do torcedor tricolor só diminuiu quando a equipe perdeu o goleador Kiki, lesionado. O time, porém, seguiu buscando o gol. E ele veio em uma jogada de dois jogadores que começaram no banco de reservas. William Gaúcho tocou para Jarbas, que bateu no canto, sem chances para o goleiro. Era a virada tricolor, para delírio da torcida e o momento de declarações apaixonadas do autor do gol, que se dirigiu à câmera da TV UCPel para homenagear a namorada.

Tirando a homenagem, o valor do tento Jarbas explica de outra maneira: "Gol da superação mais uma vez. A gente fez um péssimo primeiro tempo, mas colocamos raça e conseguimos virar o jogo."

Com mais uma vitória importante, o Farroupilha alcançou a quarta colocação da chave com 13 pontos. Se os resultados paralelos favorecerem o Fantasma, a equipe do técnico Silva poderá obter a classificação para a próxima fase com mais três pontos. A primeira chance de avançar na competição é domingo, às 16h, contra o Guarany, em Camaquã.


video


*Texto/Fotos - Renan Silva
*Imagens - Andrew Falchi / Leandro Lopes / Vinícius Silveira
*Narração - Marcelo Prestes
*Edição - Leandro Lopes

segunda-feira, 15 de março de 2010

Conheça Kiki: O artilheiro do bom humor

Um atleta magro e brincalhão. Perfil que não se encaixa nos padrões de uma Segundona. No entanto, sempre existem as exceções. Se for assim, é neste grupo que se encaixa Henrique Piedade, o Kiki. Ou então, para ficar melhor ainda, o artilheiro Kiki. Afinal, o atacante tricolor é goleador da competição com sete gols, ao lado de Enzo, do 14 de Julho.

O ótimo momento que vive é reflexo da motivação em vestir a camisa do Farroupilha. As boas atuações colaboram principalmente com o número de gols da equipe. Dos 14 gols marcados pelo Fantasma, metade tiveram a assinatura do artilheiro do bom humor. Embora a felicidade contagie o jogador, ele afirma que houve momentos bem diferentes no passado. "Muitos falaram que eu não ia conseguir. Como sempre existem pessoas negativas, diziam que eu não ia me tornar profissional."

As influências ruins, porém, Kiki superou com força de vontade. Tinha desde cedo traçado seu objetivo: "Às vezes eu via na TV os jogadores fazendo gols e eu sonhava com isso desde pequeno. Mas consegui dar a volta por cima e espero que tudo continue assim, para dar muitas alegrias ao torcedor do Farrapo." A excepcional fase do jogador rendeu frutos. Virou rotina dar entrevistas e participar de programas ao vivo. Kiki, entretanto, quer mais: "Tenho um lugar no qual coloco todos meus objetivos. Este ano é abrir portas e alcançar vôos maiores." A ambição do artilheiro, porém, não esconde o respeito e reconhecimento pelo atual clube: "Devo muito ao Farroupilha. Aqui acreditaram muito em mim, depositaram confiança no meu futebol. Felizmente estou tendo sucesso. A torcida do Farroupilha é sensacional, eles merecem."

Para chegar ao Fragata e mostrar bom futebol, Kiki precisou abrir mão de inúmeros vínculos que tinha. Entre eles, seus laços familiares. Ficou três meses sem ver os pais e irmãos, que moram em Teutônia, sua cidade natal. No entanto, o reencontro não poderia se dar de forma mais gostosa. Foi no Bra-Far de domingo, quando Kiki deixou duas vezes sua marca. A família acompanhou o clássico e retornou para a cidade de origem. Os laços são mantidos, mas para suprir essa ausência momentânea, o atacante adota outra convivência, que considera de caráter familiar: "É divertida a convivência com a gurizada. Bastante risada, muito pagode. A gente vai vivendo assim. Com alegria. Acordando de manhã cedo com bastante disposição. Isso é maravilhoso. É uma nova família, então, tem que ajudar um ao outro no que for preciso. Ninguém é mais do que ninguém, o mais importante é o Farroupilha."

Como em toda família, momentos de instabilidade acontecem. No futebol, então... Com isso os garotos do Fragata ganharam um novo "pai". Silva assumiu o cargo de treinador. Completando a comissão técnica, Zeca Ferreira (preparador físico) e Carlos Garcia (preparador de goleiros) substituíram Sílvio Rogério e Fábio Sequinel, respectivamente. O artilheiro do bom humor, porém, ressalta o profissionalismo dos três comandantes atuais e a boa convivência com os mesmos. "Já conhecia o Zeca desde minha passagem pelo Glória. É um grande profissional, assim como o Silva que não tem nem o que falar. É ótimo, nos ajuda muito. O Passarinho (apelido de Carlos Garcia) também tem uma excelente convivência conosco. Está sendo ótimo".

E é na base do bom humor, do jeito moleque de ser, que o pagodeiro Kiki dá sequência em sua carreira. Superando os obstáculos que aparecem, tanto na vida, como nos gramados, o ídolo tricolor continua sua jornada em busca de seus objetivos já traçados. "Não será me intimidando, falando coisas nos meus ouvidos, que os adversários vão me parar. As torcidas rivais também não. Pelo contrário, quanto mais secarem nosso time, mais vontade eu terei". Discurso bonito, que se confirma em campo e enche de orgulho a comunidade teutoniense. Sem contar o torcedor tricolor, que ganhou um novo ídolo. Ele atende por Kiki - o artilheiro do bom humor.

*Texto/Fotos - Renan Silva

domingo, 14 de março de 2010

Farroupilha 3 x 2 Brasil

O troco. A tarde da superação. O dia de Kiki... Como você quiser. Para o torcedor tricolor, o mais importante foi o resultado de 3 a 2 sobre o tradicional rival rubro-negro. E ainda: a quebra de um jejum de quase seis anos.
_
Vindo motivado da vitória sobre o Fantasma, o Brasil começou o jogo com tudo. Desde os primeiros minutos já levava muito perigo ao gol de Cristiano - novamente decisivo no resultado final. No entanto, quem assustou e realmente preocupou o adversário foi o Farroupilha. Aos cinco minutos, Kiki recebeu bom passe e partiu em velocidade. Quando ficou de frente para o goleiro Rodrigo Silva teve tranquilidade e competência para abrir o marcador.
_
Quem imaginava que o gol diminuria a pressão dos visitantes se equivocou. O Brasil seguiu com insistência atrás do empate. Quando colocou a bola na rede, porém, foi marcado o impedimento de Jair. A vitória se confirmava. Entretanto, de tanto tentar o xavante igualou o marcador. Márcio Egídio, após cruzamento de Jair, deixou tudo igual no Nicolau Fico.
_
O gol nos últimos minutos da etapa inicial motivou ainda mais o Brasil. No segundo tempo, o rubro-negro seguiu em cima. Com nove minutos, Jair de cabeça colocou os visitantes em vantagem: 2 a 1. E então foi a vez do Farroupilha buscar o empate. A igualdade não demorou para aparecer, mas deve ser contada em um parágrafo à parte.
_
Como opções para a cobrança da falta destacavam-se: Claiton, Jonas, Vargas, Giliardi e Douglas. Na bola, os três últimos eram as alternativas. Vargas desistiu de fazer a cobrança. Ficou apenas os dois últimos. Pela experiência, Giliard surgia como opção principal. Entra em cena, então, a visão do técnico Silva. Confiando no estreante Douglas, de apenas 17 anos (atleta mais jovem do Farroupilha), o comandante pediu para que Giliard deixasse o garoto cobrar. Escolha perfeita. Tal como a cobrança. O resultado não poderia ser diferente. Tudo igual no Nicolau Fico: 2 a 2.
_
Faltavam poucos minutos para o fim do jogo e, assim, Silva optou por colocar em campo o atacante Jarbas. E em uma das suas tentativas, ele deixou Kiki sozinho. Ou melhor, sozinho contra Rodrigo Silva, que pouco pode fazer para evitar o drible do artilheiro da Segundona com sete gols. Com frieza o garoto de Teutônia empurrou para o fundo do gol e decretou a vitória tricolor por 3 a 2.
_
Comemoração no Nicolau Fico para celebrar a vitória da superação. Festa de jogadores, comissão técnica e torcedores. Afinal, deu Farroupilha! O resultado deixou o Fantasma na quinta colocação da chave. Com dez pontos o clube supera o Guarany de Camaquã no número de vitórias. São três contra duas. E assim o tricolor continua sua busca pela classificação.
_
video
_
*Texto/Narração - Renan Silva
*Fotos - J. Éder (http://jotaeder.futblog.com.br)
*Imagens - Andrew Falchi / Renan Neves - TV UCPel

quinta-feira, 11 de março de 2010

Brasil 3 x 0 Farroupilha

Foi uma noite daquelas. Para esquecer. No BraFar de número 208, no estádio Bento Freitas, o mando de campo fez a diferença. Em uma partida de predomínio xavante, restou ao Fantasma tentar surpreender o adversário no contra-ataque. Sem sucesso. A noite era do rival. Vitória rubro-negra por 3 a 0.
_
Era a estreia do novo uniforme tricolor em Pelotas. Diferente e moderno. Divido entre a cor branca e as tradicionais listras. O jogo marcava também a estreia do goleiro Cristiano, que apesar do resultado teve grande importância, evitando um resultado ainda mais desfavorável. Quem também atuou pela primeira vez foi Giliardi.
_
No entanto, o Brasil não se importou com as novidades do tricolor fragatense e obteve sua primeira vitória na Segundona. Belmonte, duas vezes, e Jair, fizeram os gols da vitória rubro-negra. Com o resultado o xavante se igualou ao Farroupilha com sete pontos, porém, o Fantasma continua na frente do rival por ter uma vitória a mais. Os dois times voltam a se enfrentar neste domingo, a partir das 16h, no estádio General Nicolau Fico.
_
Brasil: Rodrigo Silva; Muriel, Ney Santos, Alex Martins e Cassimba; Russo, Márcio Egídio, Cléber Gaúcho (Hadson) e Marco Antônio (Paulo Renato); Jair e Belmonte (Gleisson).
Técnico: Tonho Gil
_
Farroupilha: Cristiano; Ney, Claiton e Marcão; Cristiano Ijuí, Sérgio Freitas, Bagé (Willian Peter), Giliardi e Vargas (Lú); Mineiro e Kiki.
Técnico: Silva
_
Arbitragem: Paulo Roberto Chaves Cardoso, auxiliado por Anderson Echevarria e Jeferson Eduardo Moraes. Cartões amarelos: Muriel e Ney Santos (GE Brasil). Sérgio Freitas, Mineiro e Kiki (GA Farroupilha).
_
Confira os gols do clássico:
_
video
_
*Texto - Renan Silva
*Fotos - Felipe Macedo (http://giroeletronico.blogspot.com)
*Imagens - Andrew Falchi / Leandro Lopes
*Narração - Maurício Martins

terça-feira, 9 de março de 2010

Clássico BraFar

O último encontro entre Brasil e Farroupilha foi no dia 16 de outubro de 2006. O empate por 1 a 1 na Bento Freitas há quase quatro anos foi válido pela Copa Federação Gaúcha de Futebol. O clássico desta quarta-feira será o de número 208. O retrospecto não é favorável ao Fantasma. Nos 207 jogos, foram 111 vitórias do Brasil contra apenas 47 do Farroupilha. Quando o assunto é Segundona, a vantagem também é rubro-negra. Os últimos encontros entre xavantes e tricolores pela segunda divisão do campeonato estadual foram entre os anos de 2002 e 2004. O Brasil venceu oito vezes e o Farroupilha venceu apenas uma, sendo esta a de maior importância para o tricolor, por marcar o acesso à primeira divisão de 2005. Confira os jogos:
_
17/03/2002 - Brasil 1x0 Farroupilha
21/04/2002 - Farroupilha 1x1 Brasil
12/05/2002 - Farroupilha 0x2 Brasil
16/06/2002 - Brasil 2x1 Farroupilha
23/03/2003 - Brasil 2x0 Farroupilha
11/05/2003 - Farroupilha 0x3 Brasil
27/03/2004 - Farroupilha 1x1 Brasil
09/05/2004 - Brasil 3x1 Farroupilha
13/06/2004 - Farroupilha 0x0 Brasil
20/06/2004 - Brasil 2x1 Farroupilha
28/07/2004 - Brasil 3x0 Farroupilha
15/08/2004 - Farroupilha 2x1 Brasil
_
Para o jogo de hoje, o técnico Eugênio Silva pode promover a estreia do goleiro Cristiano. O volante Jonas retorna de suspensão e pode ser outra boa opção para o treinador. O clássico BraFar vem em um momento conturbado para as duas equipes. O Farroupilha é o sexto colocado com 7 pontos. O Brasil é o lanterna com apenas 4 e tem a segunda pior campanha de toda competição. A diferença crucial entre as equipes vem sendo o número de vitórias. O Fantasma já venceu duas vezes no campeonato e hoje entra em campo visando alcançar a quinta colocação. Pelo lado xavante, nenhuma vitória.
_
O momento tricolor também é melhor. O Farroupilha vem de empate fora de casa contra o 14 de Julho. Foi a primeira vez que o Fantasma marcou três vezes em uma partida no campeonato e pontuou fora de casa, o que mostra a mudança de atitude dos atletas com a chegada do técnico Eugênio. O Brasil vem de derrota para o São Paulo na primeira partida da equipe no estádio Bento Freitas.
_
NÚMEROS COMPLETOS
_
Na história dos clássicos, em 207 jogos o Brasil levou a melhor em 111, enquanto o Farroupilha saiu vitorioso em 47. Em 49 encontros a partida acabou empatada. O xavante marcou 414 gols e o tricolor 265, totalizando 679 gols em clássicos BraFar.
_
TORCIDA FÚRIA TRICOLOR
_
A torcida organizada Fúria Tricolor alugou um ônibus para levar os torcedores tricolores até a Baixada. A saída está marcada para as 19h30min na frente do estádio Nicolau Fico e o valor da 'passagem' é de R$ 3,00. O acesso ao ônibus dá direito à ida e volta.
_
*Texto - Leandro Lopes
*Pesquisa - Leandro Lopes / Renan Silva
*Arquivo - Antônio Carrion
*Colaboração - Daniel Kurz http://tchefutebol.blogspot.com

domingo, 7 de março de 2010

14 de Julho 3 x 3 Farroupilha

É outro time! A partida contra o 14 de Julho, em Livramento, foi para dar esperanças aos torcedores tricolores! Eugênio Silva deu uma nova cara ao Farroupilha diante do mesmo adversário que há menos de uma semana havia sido superior no Nicolau Fico e com certa facilidade.
_
O primeiro tempo começou mal para o Fantasma. Enzo, logo no primeiro minuto, abriu o placar para os donos da casa. Sem se abater, o Farroupilha buscou o empate com o zagueiro Claiton, dois minutos mais tarde. O empate deu ânimo ao tricolor. Embora o Leão da Fronteira ainda tivesse mais posse de bola, o Farroupilha chegava com perigo à meta do goleiro Júlio César. Aos 32 minutos, Kiki marcou o segundo do Fantasma: 2 a 1. Ainda no primeiro tempo Enzo deixou tudo igual no placar.
_
A segunda etapa começou com superioridade tricolor. Aos 15 minutos Kiki marcou o seu quinto gol com a camisa do Farroupilha. Garrido, aos 22 minutos, deu números finais ao jogo: 3 a 3.
_
O empate não melhorou a posição do Fantasma na tabela, mas mostrou uma nova atitude por parte dos comandados de Eugênio Silva. Na 6ª colocação com sete pontos, o Farroupilha tem pela frente o primeiro clássico de 2010. A partida será na quarta-feira, às 20h30min, contra o Brasil, no Bento Freitas. O xavante é o lanterna da chave 1.
_
Kiki é o artilheiro do tricolor na Segundona com cinco gols, seguido por Jonas e Claiton, com dois gols cada. Jarbas e Lu completam a lista de gols do Fantasma em 2010. Até o momento do final da partida em Livramento, o Farroupilha tem o terceiro melhor ataque do grupo. Já a defesa, é a segunda pior do campeonato.
_
Confira os gols do empate na Fronteira:
_
video
_
*Imagens - TV Nativa
*Foto - Bruno Bohm

sábado, 6 de março de 2010

Recomeço em Livramento

A mudança na comissão técnica é recente. Eugênio Silva assumiu há pouco tempo o cargo de treinador do Farroupilha. No entanto, a bola não espera pela adaptação total do novo comandante e por isso ela já rola hoje. Neste domingo, em Livramento, o tricolor encara o 14 de Julho, às 16h, no João Martins.
_
A partida tem o clima de revanche. Afinal, no último confronto entre os dois times, o Fantasma acabou derrotado no Nicolau Fico pelo placar de 4 a 2. A partida marcou o fim do trabalho de Tadeu Xavier no comando do Grêmio Atlético Farroupilha. As duas vitórias do técnico no campeonato não foram páreo para as quatro derrotas, sendo duas delas por goleada. A comissão técnica, porém, não foi totalmente alterada. Fábio Sequinel e Sílvio Rogério, preparadores de goleiros e físico, respectivamente, permanecem no Fantasma.
_
O Farroupilha partiu para Livramento neste sábado, às 13h.