segunda-feira, 27 de abril de 2009

Farroupilha 1 x 1 Pelotas

Mais um clássico no Nicolau Fico, mais um 1 a 1. Grêmio Atlético Farroupilha e Esporte Clube Pelotas ficaram na igualdade no FarPel 195, válido pela primeira fase da segundona 2009. Em um jogo com um primeiro tempo terrível, as emoções ficaram reservadas para a etapa final. O Pelotas começou melhor. No primeiro tempo apenas duas oportunidades de gol foram criadas, ambas pelo Pelotas. Na primeira, Xaro cruzou e Dauri cabeceou com perigo. Na segunda, Dauri deu um toque magistral para Alex Paulista, que chutou bonito, procurando o ângulo, só que para fora. A única bola de "perigo" do Farroupilha, foi em uma cobrança de falta de Élton Corrêa, que Róger defendeu sem problemas. Já na segunda etapa, o jogo melhorou.
_
A exemplo do que ocorreu no primeiro tempo, no início foi o Pelotas quem ditou o ritmo do jogo, fazendo o goleiro Fernando trabalhar. Ânderson Ijuí entrou no lugar de Alex Paulista e deu maior movimentação ao meio-campo áureo-cerúleo. Ele mesmo tentou de fora da área e obrigou Fernando a fazer grande defesa, espalmando para escanteio. E de tanto insistir, após a cobrança de escanteio de Xaro, Cirilo subiu mais alto que os adversários e, quase sem marcação, marcou de cabeça. Pelotas 1 a 0.
_
Mesmo com a vantagem no placar, obtida logo aos 13 minutos, a equipe áureo-cerúlea continuou pressionando. Ânderson Ijuí tentou de fora da área, mas Fernando defendeu. Deivid também arriscou de fora da área, mas a bola acabou indo para fora. Cruzamento na área do Farroupilha, a bola sobrou para Xaro que cruzou para Ijuí. Em um belo voleio, ele acabou desperdiçando a jogada. Com o placar adverso e sem conseguir concretizar oportunidades claras de empatar, o técnico Paulo César Leal mandou Tiago Boiadeiro para o ataque. E foi mais uma daquelas substituições "iluminadas". Aos 29 minutos, Élton Corrêa tocou para Magno Chimbinha, que fez o lançamento em profundidade para Tiago Boiadeiro. Ele correu em direção à bola e aproveitou a indecisão do goleiro Róger para se antecipar e desviar para o fundo do gol: 1 a 1. O gol animou o Fantasma, que teve nos últimos 10 minutos de partida todas as chances de gol que não havia tido desde o início do primeiro tempo. Na melhor delas, Élton Corrêa cobrou falta no ângulo e obrigou Róger a fazer grande defesa. Aos 47 minutos, Élton Corrêa bateu cruzado e Paulo Santos desviou para fora a última chance da partida.
_
video
_
Foi o clássico FarPel de número 195. O Pelotas tem 95 vitórias contra 45 do Farroupilha. O número de empates agora é de 55. O Fantasma do Fragata marcou 276 vezes, enquanto o Lobo da Avenida chegou ao gol em 431 oportunidades.
_
*Fotos - Gabriel Xavier
*Imagens - Renan Silva e Roberto Witter (TV UCPel)
*Narração - Mateus Kerr (TV UCPel)

3 comentários:

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem desta semana: Sim ao futebol-arte!
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.

Anônimo disse...

eu acho um absurdo o tecnico PC deixar o tiago boiadeiro no banco e o gil, pois é claro depois que eles entram o jogo melhora muito pois são muito rapidos, oque ele quer com o michel pesado não corre, joga a bola para ninguem, deixa o leandro na esq e o gil na direrita e coloca o tiago e vamos ver se não vão surgir mais oportunidade,nesse jogo contra o pelotas eles ´so iam pelo lado esq pois o michel não consegue acompanhar, assim vai ficar dificil de classificar, acorda PC

Matheus Leiitzke disse...

Anônimo disse tudo meo !