quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Farroupilha 1 x 2 Rio Grande

No duelo dos tricolores, o rio-grandino levou e melhor. Farroupilha e Rio Grande fizeram um jogo feio na tarde quente desta quinta-feira. Com muitos problemas desde o início do jogo para escalar a equipe, o técnico Tadeu Xavier não conseguiu manter os 100% de aproveitamento no campeonato. Antes da partida, no aquecimento, o capitão Ney sentiu uma lesão no tornozelo quando descia para o vestiário. O meia Da Silva também não começou a partida como titular devido a uma infecção na garganta. César Freitas foi improvisado na lateral-esquerda. Com tantas situações emergenciais para resolver a equipe do Fantasma não se achou em campo na primeira etapa. O goleiro Pitol teve trabalho aos 17 minutos, quando o Rio Grande chegou forte. O goleiro fez boa defesa e mandou para escanteio. Os escanteios, aliás, foram a grande arma do Rio Grande no primeiro tempo. Mas sustos mesmo, apenas dois. No primeiro, a bola cruzou a área e Fogolari não alcançou. No segundo, foi Júnior Xavier quem não conseguiu a finalização. Ainda antes do fim do primeiro tempo, Tadeu Xavier fez a primeira substituição. Da Silva entrou no lugar de Lu.
_
O segundo tempo começou com outra substituição. Pitol sentiu lesão e deu lugar a Ricardo Gral. Mas as coisas não mudaram e o Vovô seguiu atacando. Daniel Quevedo teve a chance de abrir o placar, mas cabeceou pra fora. Um minuto depois, Kiki teve a primeira boa oportunidade pelo Farroupilha. O atacante bateu cruzado e a bola acabou desviando na defesa. Ainda com o 0 a 0 no placar, Ricardo Gral fez duas boas defesas. De tanto insistir, o Rio Grande abriu o placar. Aos 11 minutos, Henri entrou pela esquerda e cruzou para Jorginho, que bateu no canto do goleiro: 1 a 0. Não demorou e o Fantasma acordou. Aos 13 minutos, Jonas cobrou falta da intermediária e a bola sobrou para o oportunista Jarbas, que tocou no canto do goleiro Patrick. A igualdade no placar motivou o tricolor pelotense. Kiki e Jarbas começaram a incomodar mais a defesa do Rio Grande, principalmente pelo lado direito do ataque. A entrada de William Gaúcho no lugar de Édson Duarte deu mais força ofensiva ao Farroupilha. Mas aos 33 minutos, Maicon cobrou falta com perfeição, no canto de Ricardo Gral, não dando chances ao goleiro. O placar adverso fez o Farroupilha ir ao ataque novamente, mas desta vez de forma desordenada. Aos 37, Jarbas ainda obrigou o goleiro Patrick a fazer grande defesa. Gral também fez uma última boa defesa antes do apito final do juiz, após chute cruzado do ataque rio-grandino. E o placar no Nicolau Fico ficou em 2 a 1 para o Rio Grande.
_
"Não era o que a gente esperava. Agora temos que trabalhar pra reconquistar esses pontos perdidos dentro de casa", disse Jarbas, autor do gol do Farroupilha. O técnico Tadeu Xavier foi incisivo e disse que a perda de jogadores importantes para a equipe pesou no resultado. "Uma hora a derrota viria. Na última hora perdemos o Ney, que é um jogador importante pra equipe. Alguns jogadores não tiveram condições de jogar. O time foi muito improvisado. No momento em que a gente tiver todos os jogadores à disposição o Farroupilha vai jogar diferente", finalizou.
_
O próximo compromisso do Fantasma é no sábado, contra o Guarani de Camaquã. A partida é no Nicolau Fico. Ainda há possibilidade de que o jogo seja transferido para domingo. A expectativa do capitão Ney é de poder estar de volta já na próxima jornada. "No próximo jogo, independente de ser sábado ou domingo, a idéia é de estar em campo. Espero que dê tudo certo", completou.
_
Confira os gols da vitória do Rio Grande sobre o Fantasma.
_
video
_
*Texto - Leandro Lopes
*Fotos - Renan Silva
*Imagens - Andrew Falchi / Leandro Lopes

Nenhum comentário: