quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

São Paulo 5 x 1 Farroupilha

Tinha tudo para ser um jogo parelho. No entanto, um "detalhe" logo no começo da partida fez uma grande diferença. E com isso, o Farroupilha conheceu sua terceira derrota nesta Segundona. Jogando no estádio Aldo Dapuzzo, em Rio Grande, o Fantasma perdeu para o São Paulo pelo placar de 5 a 1.

A expectativa por um jogo com poucos gols se foi logo no começo. Com quatro minutos Wagner Rincón já estava abrindo o placar para os mandantes. Não foi preciso muito tempo para o time da casa ampliar. Aos cinco, Tiago Sarassol colocou para o fundo do gol. Era apenas começo de jogo, mas nem parecia. O São Paulo passou a ser mais cauteloso e assim praticamente não corria riscos.

O Farroupilha foi obrigado a se expor um pouco mais, mas as boas defesas de Ricardo Gral impediram que o adversário ampliasse. Com 11 minutos, Felipinho fez boa finalização, mas parou na ótima defesa do goleiro tricolor. Três minutos depois o arqueiro realizou outra defesa importante, na sobra Alan chutou e acertou o alvo. Entretanto, o impedimento já estava marcado.

Aos 22 minutos, Jarbas ficou em boas condições de finalizar. Ele bateu no canto, com categoria, acertando a trave para depois a bola morrer no fundo do gol de Henrique. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento do atacante tricolor. Precisando colocar o time mais para o ataque, o técnico Tadeu Xavier promoveu, com apenas 26 minutos, sua primeira alteração. O ala direito César Freitas deu lugar ao meio-campista Édson.

Com 30 minutos, Mazinho de cabeça por pouco não aumentou a diferença para o São Paulo. Pouco depois o mesmo jogador perdeu outra boa oportunidade. Ao contrário de seu companheiro, Alan aproveitou o vacilo do sistema defensivo pelotense e anotou o terceiro gol da equipe de Rio Grande.

A diferença no placar levava a crer que o Farroupilha reagisse no segundo tempo. Até reagiu, mas após sofrer outro gol no começo, marcado por Felipinho. A reação tricolor, perdendo por 4 a 0, veio aos 14 minutos. Era falta para o Fantasma. Na bola estavam Pery e Claiton. O zagueiro Claiton chamou a responsabilidade para si e bateu. No ângulo - indefensável. Um golaço.

Se ainda era possível reagir, Mazinho diminuiu a esperança do torcedor tricolor - lá representado pelo apaixonado Trem. Estava 5 a 1. E o que já parecia complicado ficou quase impossível quando o zagueiro Ney, de boa atuação na partida, teve que deixar o campo de ambulância. O capitão da equipe foi atingido na cabeça, sem intenção do adversário, e acabou desmaindo. Como as três alterações já haviam sido efetuadas, o Farroupilha jogou o restante do jogo com um homem a menos. Faltavam mais de 20 minutos para o jogo acabar. E o que restou foi segurar o placar de 5 a 1 até o fim.

A derrota deixou o Farroupilha na quinta colocação, com seis pontos. O próximo compromisso da equipe do Fragata é neste domingo, contra o 14 de Julho. Se vencer a equipe poderá retomar a terceira posição do grupo.

Farroupilha: Ricardo Gral; Claiton, Ney e Marcão; César Freitas (Édson), William Peter (Jonas), Maiquel Bagé, Sérgio Freitas e Pery; Kiki e Jarbas (William Gaúcho).
_
Confira os gols da partida:
_
video
_
*Imagens/Texto - Renan Silva
*Fotos - Deyver Dias http://www.bolanaredeam.com/

6 comentários:

Anônimo disse...

quando maicon butia vai estreiar????

Anônimo disse...

Pelas circunstâncias tá bom!

O Claiton é o melhor zagueiro do sul do estado! Na defesa, embora tomando esses gols fora de casa o time é bom, o problema é a marcação no meio.

abç!

Anônimo disse...

Parabéns pelo resumo do jogo. É um verdadeiro retrato do que ocorreu. Ouvi o jogo pela Rádio Pelotense, que escolheu o Claiton o melhor do Farroupilha.
O time ainda tem jeito, mas tem que organizar o meio campo. Os volantes tem que dar mais cobertura aos zagueiros. Já o ataque necessita ser mais objetivo.

Um Abraço!

Anônimo disse...

O Time está se encaminhando! Tadeu tem que observar mais o Edison Duarte, pois, quando entra dá um ritmo melhor no jogo! E a torcida em vez de ficar criticando sentadinha na arquibancada com seus radinhos, tem que se mexer e incentivar o time, pois, para torcer contra, já temos os adversários, que embora em número menor, valorizam seus jogadores!

Anônimo disse...

Parabéns Tadeu! Apesar das críticas, você está fazendo um ótimo trabalho, valorizando jovens talentos, que futuramente darão frutos para o Farroupilha!

lgal disse...

chupaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

5x1 pra nós