quarta-feira, 14 de maio de 2008

Farroupilha 3 x 2 Guarani-VA

14.05 - Farroupilha 3 x 2 Guarani-VA
_
Em uma tarde de muita garra e vibração no estádio Nicolau Fico, o Grêmio Atlético Farroupilha venceu o líder Guarani de Venâncio Aires por 3 a 2. O atacante Matão começou como titular com a camisa número 9. Ele foi um dos destaques da vitória tricolor. O Farroupilha foi a campo com: Fernando; André Bagé, Gil, Igor e Guilherme; Vágson, Luis Fernando, Uendel e Élton Corrêa; Matão e Brochi. No decorrer da partida entraram Nei, Manga e Otávio. No primeiro tempo, o jogo foi morno. As chances começaram a aparecer depois dos 30 minutos, e mesmo assim, não foram lances de grande perigo.
_
No intervalo, Manga entrou no lugar de Gil e movimentou mais a partida. O Farroupilha foi para cima, mas foi o Guarani quem saiu na frente. Aos 5 minutos, Caçapava entrou na área pelo lado esquerdo e tocou para Diego Gaúcho, que bateu no cantinho, sem chances para Fernando. A resposta tricolor foi rápida. Dois minutos depois de levar o gol, depois de cruzamento de Manga, Élton Corrêa não alcançou a bola e Igor bateu por cima. Jogada confusa na frente da área do Guarani, Brochi deu um balão para cima e a arbitragem marcou impedimento de Manga, que completou para o gol, já com o lance anulado. Aos 11 minutos, Élton Corrêa recebeu a bola de Uendel na entrada da área, girou pra cima do zagueiro e tocou para Matão, na ponta direita da grande área, que tirou do zagueiro do lance e chutou no ângulo do goleiro. Golaço! Com o gol, o Farroupilha ganhou fôlego e se atirou para cima do Guarani buscando o segundo gol. Aos 13 minutos, Élton Corrêa cobrou falta, a bola desviou na barreira e Manga - novamente em impedimento - marcou. Outro lance anulado, para a reclamação da torcida tricolor. Aos 15, Manga acha Uendel livre de marcação. Ele entra na área e bate cruzado para grande defesa do goleiro Rodrigo. Pouco depois, Igor recebeu um chute na perna esquerda e saiu de campo lesionado para a entrada de Otávio. O juiz não marcou nada no lance, apenas escanteio no prosseguimento da jogada. Aos 20 minutos, em cobrança de falta, Cirilo chutou para boa defesa de Fernando, que mais uma vez fez boa partida.
_
Com 25 minutos de jogo no segundo tempo, finalmente a insistência dá resultado. Uendel faz grande jogada individual, passa pela marcação e chuta cruzado. A bola chega em Matão, que desvia para o gol, fazendo o vira-vira do Fantasma e coroando sua estréia. Logo em seguida, aos 31, o jogador do Guarani entra na área pela esquerda. Guilherme faz a cobertura, dá um carrinho, e o atleta rubro-negro se joga no chão. O árbitro marca a penalidade, que Japa converte no rebote de Fernando. Para quem pensava que o gol desmotivaria o tricolor, a resposta foi imediata. Élton Corrêa cobrou falta aos 33 minutos e Guilherme subiu para marcar o gol da vitória e do alívio do Farroupilha. No fim da partida, os jogadores foram até a torcida para agradecer o apoio e comemorar a importante vitória.
_
Vàgson foi um herói na marcação na partida contra o Guarani. Manga também foi destaque, tanto pelos lances dos gols anulados, quanto pela participação ativa durante todo o tempo em que esteve em campo. No finalzinho da partida, ele chegou até a área adversária duas vezes, aplicando dribles curtos e até um elástico na zaga adversária. Uendel participou de dois gols e teve uma atuação excepcional. Com a vitória de 3 a 2 sobre o líder do grupo, o Farroupilha subiu da última para a 4ª colocação. O tricolor mantém a posição pelo menos até hoje a noite, quando São Paulo e São Gabriel se enfrentam no estádio Aldo Dapuzzo, em Rio Grande. No próximo domingo, o time comandado por Alberi Rodrigues enfrenta o Esporte Clube Pelotas, no estádio da Boca do Lobo. Para o clássico Far-Pel 192, o Farroupilha não poderá contar com Vágson e André Bagé, suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo.
_
Confira os gols da vitória tricolor.
_
video
_
Caso o vídeo não reproduza, clique aqui para vê-lo no Youtube.

Nenhum comentário: